Resenha Literária – Trilogia Millenium

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje vim falar sobre alguns livros que li e que gostei muito!

Vou começar falando de uma trilogia que eu amei, a Trilogia Millenium!

110320259SZ

Ela é composta dos livros Os Homens que Não Amavam as Mulheres, A Menina que Brincava com Fogo e A Rainha do Castelo de Ar:trilogiamillennium2

E recentemente foi lançado o quarto livro, A Garota na Teia de Aranha (esse ainda não li.)

Eles foram escritos pelo sueco Stieg Larson e as histórias se passam em Stocolmo.

Já existem filmes feitos na Suécia para os três livros, e uma versão americana para o primeiro livro, Os Homens que Não Amavam as Mulheres, ou em inglês The Girl with the Dragon Tattoo. Os homens que não amavam as mulheres, A menina que brincava com fogo e A rainha do castelo de ar alcançaram o topo de vendas em diversos países, totalizando mais de 20 milhões de exemplares vendidos no mundo. Um dos segredos de tanto sucesso é a forma original com que Larsson engendra a trama, conduzindo-a por variados aspectos da vida contemporânea: do universo corrupto do mercado financeiro à invasão de privacidade, da violência sexual contra as mulheres aos movimentos neofascistas e ao abuso de poder de uma maneira geral.

images.livrariasaraiva.com.br

Os Homens que não Amavam as Mulheres

Os homens que não amavam as mulheres é um enigma a portas fechadas – passa-se na vizinhança de uma ilha. Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fecharam o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada – o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada. E que um Vanger a matou. Paralela a isso, é contada a história da protagonista, Lisbeth Salander, o que nos ajuda a entender o personagem. O final é surpreendente!

index

A Menina que Brincava com Fogo

“Não há inocentes. Apenas diferentes graus de responsabilidade”, raciocina Lisbeth Salander, protagonista de A menina que brincava com fogo, de Stieg Larsson. O autor – um jornalista sueco especializado em desmascarar organizações de extrema direita em seu país – morreu sem presenciar o sucesso de sua premiada saga policial, que já vendeu mais de 10 milhões de exemplares no mundo.

A menina que brincava com fogo segue as regras clássicas dos melhores thrillers, aplicando-as a elementos contemporâneos, como as novas tecnologias e os ícones da cultura pop. O resultado é um romance ao mesmo tempo movimentado e sangrento, intrigante e impossível de ser deixado de lado.

indexd

A Rainha do Castelo de Ar

Neste livro grande parte dos segredos é desvendada, e Lisbeth Salander agora conta com excelentes aliados. O principal é Mikael Blomkvist, jornalista investigativo que já desbaratou esquemas fraudulentos e solucionou crimes escabrosos. No mesmo front estão ainda Annika Giannini, irmã de Mikael, advogada especializada em defender mulheres vítimas de violência, e o inspetor Jan Bublanski, que segue sua própria linha investigativa, na contramão da promotoria.

“A Rainha do Castelo de Ar” mistura o universo muitas vezes corrupto do mercado financeiro à invasão de privacidade, trata da violência sexual contra as mulheres aos movimentos neofascistas e do abuso de poder de uma maneira geral.

Os livros são de tirar o fôlego e nos prendem do início ao fim! Sabe aquele livro que você não quer parar até descobrir o final? São esses!

Já a adaptação para o cinema americano tem apenas o primeiro título, Os Homens que não Amavam as Mulheres e contou com a participação de Daniel Craig no papel do escritor Mikael Blomkvist, e a linda Rooney Mara, como Lisbeth Salander, que mudou completamente o visual para compor a personagem:

poster remake

Rooney-Mara-001

img-thing

 

millenniump

millenium_int

No filme o final é alterado, o que me decepcionou um pouco, pois uma das cenas mais esperadas não existe! rsrs Mas tirando isso ele é bem fiel, e foi muito bem feito, vale a pena assistir! É uma história dinâmica que te prende o tempo todo!

Então é isso, pessoal! Farei outras resenhas de outros livros que li, espero que tenham gostado!

Beijos!

Postado por:

Sabrina1jpg

♥Encontre-me também nas redes sociais ♥

social-media_youtube_simple-black_512x512Sabrina Zieberticon instagram@sabrinaziebertfacebook iconBlog Sabrina Ziebert

========================================================================================================

Quer saber mais sobre vida saudável através da água alcalina e como adquirir um filtro que alcaliniza sua água? Então clique aqui:

http://lojamundoalcalino.com.br/?ref=dnz

logo

Anúncios

5 comentários sobre “Resenha Literária – Trilogia Millenium

O que achou deste post? Deixe seu comentário!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s